Sesc Belenzinho recebe arte contemporânea indiana

Como o prédio do CCBB de São Paulo não tinha espaço para abrigar o segmento contemporâneo de arte indiana, a mostra “Índia! – Lado a Lado, que reúne um apanhado da produção artística atual do país, teve de ser apresentada em outro espaço da cidade, o Sesc Belenzinho. O curador Pieter Tjabbes convidou a curadora Tereza de Arruda, que vive em Berlim, para preparar a mostra, já exibida no Rio.

São criações de 17 artistas, alguns deles de renome internacional, como Shilpa Gupta, que cria instalações, vídeos e arte interativa, em que predominam questões como “desejo, religião e a insegurança da vida contemporânea”. Seus trabalhos são “normalmente respaldados por uma grande sutileza narrativa, construída através de poucos recursos”, afirma Tereza. Na mostra, a artista estará representada pela obra “Estrelas Cegas Cegas Estrelas”, de 2008, com palavras escritas em luzes.

Em 2010, o Sesc Pompeia exibiu uma mostra de arte contemporânea indiana, na qual também integravam alguns dos artistas de “Índia! – Lado a Lado”. O interesse pela produção atual do país emergente está em entender como as transformações socioeconômicas e uma vontade de união entre os ideais do Oriente e do Ocidente, de desde os anos 90, se refletem na prática artística da Índia. A recorrência de visões irônicas sobre a tradição do país e de temas de caráter social, é uma característica.

A exposição no Sesc Belenzinho, que ficará em cartaz até 29 de abril, apresenta esculturas, fotografias, pinturas, vídeos e instalações. Entre outros destaques, os trabalhos escultóricos de Ravinder Reddy, que cria grandes cabeças azuis femininas para tratar do “hibridismo cultural num contexto urbano e rural”. “Ele é um precursor da disseminação do aspecto popular da cultura indiana”, afirma a curadora. Na mostra, ainda, obras de Shelba Chhachhi e do coletivo Raqs Media.

Fonte: www.estadão.com.br

Posts Relacionados:

Com as tags: , , , , , , , |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *