Museu de Arte Contemporânea – USP

 

Preparando a grande exposição do acervo que o MAC USP pretende abrir ao público em seu novo prédio, a equipe de curadores selecionou uma série de obras que reacendem a discussão sobre o papel dos museus frente às obras de arte contemporânea.

Como instituição, a fim de atender os objetivos de colecionar, pesquisar e exibir as obras, o museu institui regras e normas para preservar a obra de arte, documentando, restaurando e até reproduzindo quando preciso.

Para o artista, uma das formas de resistir a essa imposição de regras é construir seus trabalhos com materiais precários e perecíveis que evidenciam o caráter transitório e ao mesmo tempo atentam contra a própria integridade física. Ao museu de arte contemporânea cabe criar condições para que essas manifestações – mesmo que muitas vezes contra elas próprias – possam ser conhecidas e estudadas pelas gerações atuais e futuras.

O Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo decidiu apresentar esta questão ao público da forma mais direta possível: permitindo a visita aos objetos e instalações em seus estágios de conservação e restauro. Na exposição em constante mutação o público poderá acompanhar os trabalhos e discussões da equipe do museu e artistas, cientistas, curadores e técnicos em conservação de outras instituições que vão auxiliar na solução para questões específicas de cada trabalho. Poderá, ainda, participar do debate que envolve o trabalho de colecionar, estudar, preservar e exibir a produção artística contemporânea.

Ao invés de manter o processo de restauração a portas fechadas e apresentar ao público uma exposição com as obras já recuperadas, busca ser fiel ao seu espírito público e universitário – voltado para a pesquisa – e considera oportuno expor os trabalhos ainda “em obras”, em processo de recuperação. Assim, o Museu acredita que cumpre seu compromisso com a preservação, o estudo e a exibição dessas obras e, ao mesmo tempo, respeita a excepcionalidade de cada um dos trabalhos de arte que coleciona.

OBRAS

Marcelo CIPIS
“Cipis Transworld Art Industry & Commerce”, 1991

Alex VALLAURI
Sem título, 1985
Instalação Festa na Casa da Rainha do Frango Assado

Bill LUNDBERG
História, 1991
Ascent, 1992

Preservar/Exibir

Abraham PALATNIK
Aparelho Cinecromático, 1958
Edgar RACY
Sem título, 1991
Maria TOMASELLI
Casa, s.d.

Restaurar/Preservar

ANNA BARROS
Pele, 1990

Nina MORAES
Infância, 1990
Das Lamentações, 1999

Reproduzir/Exibir

León FERRARI
La Basilica, 1985
Espectadores, 1981
Espectadores Recíprocos, 1981
Cruzamento II, 1981
Tabuleiro, 1982
Passarela, 1981
Sem título, s.d.
Sem título, 1982

HUDINILSON Júnior
Narcisse / Exercício de me ver VIII, 1984

 

De 27/5/2011 a 27/11/2011
MAC USP Ibirapuera
Entrada Gratuita

 

Fonte: MAC USP

Posts Relacionados:

Com as tags: , , , , , , , , |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *