Colecionando ARTE!!!

Como saber quando você se torna realmente um colecionador? Segundo experts, isto acontece quando você compra um quadro e não tem a menor idéia de onde vai colocá-lo. Ou então,  quando você compra um quadro e percebe que não tem mais lugar em suas paredes para pendurá-lo, explica um colecionador que já preencheu todas as paredes de suas casas em Nova York, Palm Beach e Paris.

A razão para se colecionar? A melhor resposta talvez tenha vindo do falecido historiador de arte, Kenneth Clark: “É a mesma coisa do que se perguntar, porque ficamos apaixonados. Existem muitas razões”.

Vários são estes motivos:  Ascenção social, investimento, ou como disse um marchand “você terá sensações e sentimentos que não experimentará  por nenhuma outra coisa: satisfação emocional, como também poderá admirar a obra em sua própria casa todos os dias”

E quais são as obras  State of the art  do mercado?  Muitas pessoas procuram as chamadas “obras troféus”. Entre os mais desejados  e tornando-se cada vez mais  disputados estão Warhol e Picasso e outros nomes como Bacon e Rothko também vêm se fortalecendo.

Segundo especialistas, o Mercado de arte  contemporâneo substituiu o impressionismo e o modernismo tornando-se o campo mais atrativo para os colecionadores.“ O mercado de artes está extremamente forte e sólido, o apetite global vem crescendo para grandes obras de arte, porém a oferta é radicalmente limitada”, explica Simon Shaw, diretor de impressionismo e arte moderna da Sotheby’s.

 

Na lista completa entre os 200 maiores colecionadores de arte do mundo, estão também : Lily Safra, Carlos Slim, Miuccia Prada,Bernardo Paz, Andrew Lloyd Webber, Damien Hirst,Roman Abramovich e Paul Allen.

 

Fonte: Art Sccop

Posts Relacionados:

Com as tags: , , , , , , , |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *