Centro da USP recebe mostras grátis sobre trânsito e memória

O Centro Universitário Maria Antonia (centro de São Paulo), da USP, tem cinco exposições individuais em cartaz desde 4 de agosto.

A principal atração é a mostra sem nome do arquiteto capixaba Paulo Mendes da Rocha. Seus trabalhos são apresentados de diversas formas, de plantas e cortes a croquis e desenhos.

Divulgação

Legenda: "Quebra-cabeça", de Marina Rheingantz Crédito: Divulgação

Obra "Quebra-cabeça" (foto), de Marina Rheingantz, faz parte da exposição gratuita em cartaz no Centro Universitário Maria Antonia

O também arquiteto e artista plástico João José Costa apresenta suas obras em uma exposição chamada “Superfícies em Expansão”. São cerca de 40 trabalhos, entre peças de óleo sobre tela e desenhos em papel.

“Everybody Knows This Is Nowhere”, de Marina Rheingantz, é resultado de um projeto desenvolvido em pinturas a óleo. Suas peças se baseiam em fotografias, desenhos e imagens de memória.

A mostra “Efêmera Paisagem”, do fotógrafo Alberto Bitar, trata de momentos passageiros e fugidios. Além das fotos, um vídeo que integra a exposição.

Marcos Gorgatti trata do trânsito e do cotidiano da cidade em “Car Crash e Outros Deslocamentos”. Trata-se de uma instalação e uma série de peças baseadas em placas de trânsito.

Acesse o site Catraca Livre para saber informações sobre eventos gratuitos ou populares.

Centro Universitário Maria Antonia – USP – r. Maria Antonia, 258 e 294, Vila Buarque, centro, São Paulo, SP. Até 23/10. Ter. a sex.: 10h às 21h. Sáb., dom. e feriados: 10h às 18h. Grátis.

Fonte: Guia Folha

Posts Relacionados:

Com as tags: , , , , , |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *